Sarau de cultura indígena

Quarta Multicultural tem sarau de folclore e cultura indígenas

20160824 GabrielaRocha SarauCulturalFolclore abre
Fotos: Gabriela da Rocha

    A cultura dos povos nativos do Brasil foi transmitida às novas gerações através de atividades lúdicas na tarde desta quarta-feira (24), na Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya. 
    A atividade fez parte do Projeto Vitrine Multicultural, da Secretaria Municipal de Arte e Cultura (SMAC), e contou com a presença dos alunos do 3° ano da escola estadual Ezequiel Nunes Filho junto aos alunos da oficina de cultura indígena. Como uma das convidadas, a escritora e pesquisadora da cultura indígena Ângela Hofmann explicou aos estudantes um pouco dos costumes e da vida desses povos. Na sequência, os estudantes construíram um jogral com elementos da lenda do Boitatá. Finalizando a atividade, a escritora e ativista cultural Maria Conceição Padilha realizou a leitura de contos do folclore indígena.
   Com o objetivo de fomentar e descentralizar a cultura, o Vitrine Multicultural promove aulas de diferentes manifestações culturais totalmente gratuitas. As atividades vêm ocorrendo no Centro Comunitário da Avenida Brasil, no Centro Municipal de Educação Básica Trindade, no CTG Independência Gaúcha e na Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya.
   Ao todo, são seis oficinas: Balé e Jazz, Percussão, Carnaval, Cultura Indígena, Capoeira e Danças Tradicionais Gaúchas. O projeto é promovido pela Secretaria Municipal de Arte e Cultura (SMAC), com apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), através do Fundo de Apoio à Cultura (Pró-cultura RS FAC).
Texto: Thierre Cósta

Sarau Culturas Nativas Esteio Vitrine Cultural

Sarau de cultura indígena
Rolar para o topo